Mulheres na tecnologia: 5 histórias inspiradoras

Atendimento Multicanal

Sumário

A presença feminina no mercado de trabalho nos últimos anos merece destaque, seja pela competência, seja pela capacidade de se reinventar e sobressair em segmentos que, até então, eram predominantemente dominados pelos homens.

Já faz algum tempo que é evidente o crescimento e excepcional desempenho das mulheres na tecnologia. Entretanto, esse cenário não é recente e muitas pioneiras abriram espaço para a atuação das profissionais mais notáveis do mercado e da área.

Neste post, vamos mostrar a força da mulher e como ela pode ser livre para atuar onde e como deseja. Além disso, trouxemos 5 histórias de mulheres inspiradoras que contribuíram e contribuem de forma expressiva para os avanços e inovações da tecnologia!

A força e o poder de liberdade das mulheres

Se no passado as mulheres foram submissas, com um comportamento de obediência e subserviência aos pais e maridos, no presente a história é bem diferente. Cada vez mais a figura feminina representa conquista e liberdade.

Conquista de um espaço que é seu por direito e liberdade para ser o que bem quiser. Hoje, a mulher tem o direito de ir e vir, se expressar e tomar suas próprias decisões. É assim na vida pessoal e profissional que, inclusive, é onde a (re) evolução feminina alcançou patamares inimagináveis nos últimos anos.

As competências e habilidades da mulher, durante muito tempo, foram subjugadas, mas sempre estiveram lá, bastando uma oportunidade para desabrochar e vencer as mais difíceis barreiras, diante de condutas machistas e sexistas.

Com isso, o poder feminino se estendeu no mercado, permitindo que elas ocupem posições diferenciadas em segmentos em que ainda são minoria. No entanto, a participação é tão construtiva, que é impossível negligenciar seus feitos.

As histórias inspiradoras e seu legado tecnológico

Quantas mulheres você conhece que atuam no segmento da tecnologia? Pense naquelas que programam, criam ou desenvolvem produtos. É difícil, em um primeiro momento, lembrar de nomes pontuais, considerando que a ênfase recai sobre os homens.

Pois elas existem e se dividindo em décadas diferentes, pelos quatro cantos do mundo. Mesmo que pouco lembradas, contribuíram e contribuem de forma revolucionária para propagar as ideias e práticas de inovação tecnológica.

Embora difícil, entre tantos nomes merecedores, resolvemos trazer neste post um pouco da história de 5 incríveis mulheres na tecnologia. Acompanhe suas trajetórias e se surpreenda com sua contribuição no mundo tecnológico!

1. Grace Hopper

Uma americana conhecida por alguns termos interessantes como Rainha da Computação, Rainha da Codificação, Almirante Grace, Vovó COBOL e Grande Dama do Software. Não é para menos, considerando que ela foi a mulher que programou o primeiro computador digital em larga escala e criou o primeiro compilador.

Na verdade, Grace Hopper era contra-almirante da Marinha no século XX, sendo também a primeira mulher professora, Ph.D. em matemática. Se você está achando muito, precisa saber que ela também criou o projeto Mark I, um dos primeiros computadores programados do mundo. Faleceu em 1992, aos 85 anos, depois de ter trabalhado até os 79 anos na Marinha.

2. Ada Lovelace

A Condessa de Lovelace, Augusta Ada King, era uma mulher à frente do seu tempo. Como tradutora dos textos de Luigi Menabrea, político e matemático italiano, sobre as ferramentas analíticas usadas por outro matemático, porém inglês, Charles Babbage.

Muitos acreditam que esse trabalho resultou no primeiro algoritmo criado na história, ainda que não houvesse máquinas para processá-lo. O trabalho de Ada, relacionado à metodologia de cálculo de uma sequência de números de Bernoulli, obteve continuações racionais com operações altamente complexas.

Quando os equipamentos que puderam comprovar a legitimidade do algoritmo foram criados, a Condessa de Lovelace já tinha falecido, mas seu legado se perpetua representado por um dos notáveis prêmios da Sociedade Britânica de Computação, que leva o seu nome.

3. Irmã Mary Kenneth Keller

Ela era freira, educadora e nada mais do que pioneira da computação, destacando-se como a primeira mulher a ter um doutorado em computação nos Estados Unidos, isso em 1965. Sua tese foi sobre Inferência Indutiva dos modelos gerados pelo computador, uma conquista importante, que simboliza a luta das mulheres.

Depois de concluir o doutorado e fundar um departamento de computação na Universidade Clarke, a Irmã Mary se dedicou à produção de 4 livros sobre computação e programação. Suas obras são referências, assim como seu nome, em meio a tantas mulheres impressionantes na tecnologia.

4. Susan Wojcicki

Apontada como a 12ª mulher mais poderosa do mundo pela revista Forbes, Susan Wojcicki é CEO do YouTube e exerce uma grande influência no mundo tecnológico. Atuou como prestadora de serviços para a Intel e consultora em empresas como Bain & Company e R.B. Webber & Company.

Em sua passagem pela gigante Google, tornou-se vice-presidente sênior de propaganda e comércio, conduzindo projetos importantes como o AdWords, DoubleClick, Google Analytics e AdSense, tendo esse último se tornado a segunda maior fonte de receita do Google.

5. Carol Shaw

Mais uma protagonista no rol das mulheres na tecnologia, ela é considerada a primeira mulher a trabalhar na indústria dos games. Segundo consta, foi uma das funcionárias da Atari, mas logo migrou para a Activision, onde participou ativamente do desenvolvimento do famoso game River Raid.

Como engenheira de software para microprocessadores, ela trabalhou em máquinas com apenas 128 bytes de memória RAM, criando o primeiro sistema de geração procedural de conteúdo. Com isso, em jogos como o River Raid, as fases eram sempre diferentes umas das outras.

Outros games que tiveram a participação de Carol Shaw no seu desenvolvimento: 3D Tic Tac Toe, Super Breakout e Happy Trails.

São muitas mulheres na tecnologia, admiráveis não só pela inteligência diferenciada ou competência nos projetos que atuaram, mas pela coragem de acreditarem que podiam ir além, mesmo em um universo tipicamente masculino.

Se hoje o segmento está repleto de desenvolvedoras, criadoras e empreendedoras, o pioneirismo dessas mulheres tem uma grande parcela de responsabilidade.

Se você gostou deste post, compartilhe em suas redes sociais e permita que mais pessoas conheçam essas mulheres e se encantem por suas histórias!

Plataforma Escallo
Veja também:
Blog Futurotec | Conteúdos criativos e exclusivos Saiba tudo sobre governança, tecnologia, criatividade e outros assuntos do meio corporativo no nosso Blog.
Você também pode gostar

Sumário

Compartilhe

Não perca nenhuma novidade! Assine nossa newsletter.
Não mandaremos spam!
REVOLUCIONE SEU ATENDIMENTO

Sumário

Obrigado 👏🏻 por assinar 🎉 nossa newsletter! 🥳