Internet das Coisas: entenda o conceito no atendimento ao cliente

6 minutos para ler

A Internet das Coisas (IoT) mostra que a nossa rotina pode ser muito mais ligada à tecnologia. Ela é resultado da busca por praticidade e agilidade nas tarefas do dia a dia.

Dessa forma, todo o mercado passa por transformações significativas em sua estrutura. Os setores precisam se atualizar para atender a um público cada vez mais exigente e apressado.

Neste artigo, vamos falar sobre o que é a Internet das Coisas e seus impactos na sociedade. Além disso, você vai saber onde ela está presente no nosso cotidiano e seu impacto no atendimento ao cliente. Continue a leitura para ficar por dentro do assunto!

O que é a Internet das Coisas?

A Internet das Coisas trata da relação dos objetos com as tecnologias, ou seja, conectar o mundo físico ao digital. Seu objetivo é fazer com que as pessoas tenham constante interação e comunicação com outros indivíduos ou objetos. Assim, surge a sociedade 5.0.

O termo vem do inglês Internet of Things, apresentado pelo britânico Kevin Ashton em 1999, durante sua palestra em uma empresa. 

O especialista em tecnologia propôs, inicialmente, que os computadores pudessem otimizar várias atividades rotineiras. Afinal, os dispositivos conseguiam ter informações por meio de dados coletados, sem a intervenção de um humano.

Com a evolução rápida do mundo tecnológico, a sua ideia se tornou realidade. Desde 1844, quando a primeira mensagem telegráfica foi enviada, muita coisa evoluiu até a IoT ser reconhecida em 2008. Na época, foi realizada a primeira conferência IoT Europeia.

Quais são os exemplos de Internet das Coisas?

A Internet das Coisas está nos carros inteligentes, nos smartwatches, nos sensores industriais, nas cidades inteligentes, entre outros. Confira, a seguir, alguns de seus exemplos!

1. Carros inteligentes

Os veículos estão cada vez mais tecnológicos. Neles, a Internet das Coisas está presente na otimização das funções internas dos carros, que podem se conectar com os celulares, por exemplo, e trocar dados. 

A IoT ainda permite que os próprios veículos aprimorem a sua operação e a sua manutenção, além de proporcionar mais conforto aos passageiros.

2. Smartwatches

Quem já imaginou que um relógio conseguiria armazenar inúmeros dados e ainda dar diagnósticos? Por meio da Internet das Coisas os smartwatches conseguem se conectar ao smartphone para otimizar e ampliar as funções dos celulares.

Um smartwatch também é capaz de monitorar batimentos cardíacos e atividades físicas. Na Austrália, por exemplo, o dispositivo da Apple conseguiu diagnosticar um problema na tireoide do seu usuário.

3. Sensores industriais

No setor industrial, a IoT atua para deixar fábricas mais inteligentes e eficientes. Nesse sentido, as indústrias conseguem gerenciar todos os seus processos por meio de sensores instalados em máquinas.

4. Cidades inteligentes

A cidade inteligente é aquela que utiliza a tecnologia para aplicar melhorias de forma sustentável. Entre os recursos utilizados para isso está a Internet das Coisas. 

Ela pode ser aplicada na segurança, no transporte público, na saúde, no monitoramento ambiental, entre outros setores. O objetivo é melhorar o bem-estar dos habitantes da cidade.

5. Automatização do varejo

No mercado varejista, a IoT ajuda a melhorar a relação dos negócios com os consumidores. Com ela, é possível mapear as áreas mais visitadas do empreendimento, os horários de fluxo e conhecer o público-alvo, por exemplo.

Além disso, o contato entre cliente e empresário pode ir além do estabelecimento físico por meio da conexão com os smartphones. Assim, a Internet das Coisas se torna também uma excelente ferramenta estratégica.

6. Termostatos inteligentes

A função dos termostatos inteligentes é manter a temperatura de um ambiente fechado mais agradável. Dessa forma, eles atuam na regulação de aparelhos, como ar-condicionado e aquecedores, para deixar o clima adequado.

Qual é a relação do 5G com a Internet das Coisas?

O 5G vai permitir que os recursos da Internet das Coisas fiquem ainda mais eficientes. Isso por ser uma tecnologia com velocidade cerca de 100 vezes maior que o 4G.

Além da celeridade, alguns outros fatores dessa rede também contribuem para o impulsionamento da IoT. A baixa latência é um deles. Essa característica permitirá que a conexão com a internet fique ainda melhor, trazendo respostas mais rápidas. 

O 5G também consegue suportar mais dispositivos conectados simultaneamente. Isso reduz erros e lentidão. Por fim, sua eficiência energética superior à do 4G dará mais qualidade às conexões. 

Tais características da rede 5G influenciará diretamente no desempenho da IoT. Confira, a seguir, alguns exemplos do que ela permitirá!

Acompanhar o trânsito em tempo real

No setor automotivo, a junção do 5G com a Internet das Coisas trará muitos benefícios. Um deles é evitar acidentes e congestionamentos. Isso porque essas duas tecnologias permitirão que o trânsito seja acompanhado em tempo real. 

Fazer procedimentos cirúrgicos remotamente

A IoT está presente na saúde há um bom tempo. Como exemplo, podemos citar o uso da tecnologia minimamente invasiva para realizar cirurgias mais complexas. Porém, o 5G fará com que as barreiras da distância sejam interrompidas.

É que com essa rede será possível realizar vários procedimentos remotamente. Isso trará economia de tempo e recursos.

Aprimorar os serviços de telecomunicação

Por ter uma conexão mais estável e rápida, a troca de dados será muito mais eficiente. Tal qualidade potencializa o funcionamento dos dispositivos inteligentes. Isso permitirá que as pessoas se comuniquem não só pelos smartphones, mas por outros aparelhos ainda mais eficientes.

Como a Internet das Coisas influencia no atendimento ao cliente?

A IoT traz ferramentas para que o atendimento ao cliente fique mais ágil e eficiente. Nesse setor, a Internet das Coisas está presente:

  • na automação do atendimento com o chatbot;
  • na visibilidade dos dados por meio de relatórios inteligentes;
  • no suporte remoto;
  • na identificação automática do cliente por meio da inteligência artificial (IA).

Com o Escallo, todas essas funcionalidades podem ser aplicadas ao seu negócio. Assim, a sua empresa fornecerá um atendimento inteligente e eficaz.

Por meio da IA, por exemplo, o cliente é identificado de forma automática para dar início ao atendimento. Com o chatbot, é possível que o problema seja resolvido sem a necessidade de um atendimento humano. Além disso, o suporte fica disponível 24 horas, nos 7 dias da semana.

O Escallo ainda desenvolve um aplicativo para facilitar o acompanhamento dos atendimentos por parte do gestor. 

Como viu, a Internet das Coisas está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas. Dessa forma, o seu conceito está presente em vários setores, inclusive no atendimento ao cliente. Entendeu a importância de ter um suporte atual e eficiente? Então, entre em contato com a gente para conhecer o Escallo, uma solução que permite interação ágil e personalizada com o público.

Siga nossas redes sociais: FacebookInstagramLinkedInYouTube e WhatsApp!

Plataforma Escallo
Você também pode gostar

Deixe um comentário